Por Dentro da Saúde Suplementar | “Caneta” detecta célula cancerígena em 10 segundos

A professora de química na Universidade do Texas, Livia Eberlin, explica que a tecnologia coloca o poder de decisão cirúrgica na mão dos cirurgiões e comenta que “uma das maiores dificuldades durante um processo cirúrgico é saber onde o tumor terminou e onde começa o tecido normal”. A expectativa é de que os testes tenham início no Texas, ainda esse ano.

Compartilhar:

Boletins Ver todos os Boletins [+]

Programas Ver todos os Programas [+]

Comentários Deixe sua mensagem também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário encontrado para este post. Que tal ser o primeiro ?